Telefone: (11) 98488-2190
WhatsApp: (11) 98488-2190
Folha de Pagamento

Depois de ter aprendido a fazer o adiantamento salarial, agora é o momento de aprender a fazer o cálculo da folha de pagamento.

Caso você ainda não saiba como fazer o adiantamento salarial dos funcionários, clique aqui e leia o artigo anterior, para depois continuar nesse caso contrário você ficará perdido.

O que é cálculo da Folha de Pagamento?

É com a folha de pagamento que as empresas determinam os valores que irão pagar de remuneração aos seus trabalhadores, através dos cálculos dos proventos (recebimentos) e dos descontos.

Os proventos, ou recebimentos, é tudo aquilo que é positivo para o trabalhador, como o salário, o adicional noturno ou a hora extra.

Já os descontos é tudo aquilo que é negativo para o trabalhador, ou seja, que será abatido do valor do provento.

Por exemplo: o INSS, o vale transporte, o vale refeição, falta ou atraso.

No final, é realizado o cálculo do valor líquido a receber pelo trabalhador, ou nesse caso, o líquido que a sua empresa irá pagar para o seu trabalhador.

Valor líquido = Proventos – Descontos

Portanto, o cálculo de folha é a montagem dessas verbas, para que o funcionário possa receber no final do período estabelecido pela empresa.

Diferença entre Folha de Pagamento e Fechamento de Folha

Como vimos, a folha de pagamento contém os valores dos proventos, dos descontos e o que será pago aos trabalhadores naquele mês.

Já o fechamento de folha observa o período tratado pela empresa. 

Ou seja, se estamos em um mês aberto, eu devo fazer o cálculo da minha folha válida, os pagamentos dos trabalhadores e o pagamento dos impostos, os quais essa folha deve.

Após realizado todos os pagamentos em aberto, eu preciso fechar esse período para que eu possa começar a calcular os dados da minha folha subsequente, que é a do próximo mês.

Portanto, esse é o fechamento de folha.

Percebeu a diferença entre ela e a folha de pagamento?

Como fazer o fechamento do período do adiantamento?

Antes de começar a fazer o cálculo da Folha de Pagamento, é preciso que a gente feche o adiantamento salarial, por isso clique aqui se você não viu esse artigo.

Primeiramente, vamos visualizar o nosso adiantamento e incluir a nossa folha de pagamento.

Para isso, você irá seguir esses passos:

Atualizações → Definições de cálculos → Períodos

Folha de pagamento: Página do cadastro de Períodos.

Figura 1 – Página do cadastro de Períodos.

Ao chegar em períodos você observa os já existentes, encontrando o nosso adiantamento, o qual está em aberto, pois já fizemos o cálculo na aula anterior.

Folha de pagamento: Página para alterar os períodos.

Figura 2 – Página para alterar os períodos.

Em seguida, nós vamos abrir o (folher/folha) para calcular a nossa folha de pagamento.

Folha de pagamento: Registrando novo roteiro.

Figura 3 – Registrando novo roteiro.

Aqui, eu clico no enter no campo e clico na lupa, dessa forma, ele me mostra todos os modelos que existem, e nesse caso, iremos selecionar o modelo folha e damos um ok.Folha de pagamento: Modelos de roteiros de cálculo.

Figura 4 – Modelos de roteiros de cálculo.

É importante informar que a data de pagamento é importantíssima para o sistema Protheus, porque é a partir dela que nós fazemos o fechamento da folha, que é aquele período que se fecha para abrir um novo.

Folha de pagamento: Selecionando a data de pagamento.

Figura 5 – Selecionando a data de pagamento.

E é com essa data de pagamento, que ele faz a contabilização da sua folha de pagamento, ou seja, os dados que irão para o contábil.

Nessa parte, você pode escolher entre diversas datas, vai depender muito do seu sindicato.

Por exemplo, a sua empresa pode realizar os pagamentos dos funcionários todo dia 30, todo dia 5 ou até mesmo no quinto dia útil do mês.

Mas, tenho que te alertar que, mesmo que existam várias datas de pagamento, para o Esocial a data é sempre o dia 15, independente da que consta na sua folha de pagamento.

Ou seja, é sempre no dia 15, que você precisa transmitir seus dois eventos: o S1200 e o S1210.

Voltando para a prática, nesse exemplo, eu vou usar como critério o dia 30 de cada mês.

Folha de pagamento: Inserindo o dia 30 como data de pagamento.

Figura 6 – Inserindo o dia 30 como data de pagamento.

Na oitava coluna, o sistema pergunta se aquele período, o qual você está trabalhando, é ativo ou não.

Nesse caso, temos que sim, porque se você o deixar como não ativo, o sistema não irá calcular, pois, para ele não vai existir período em aberto para esse tipo de cálculo.

Folha de pagamento: Selecionando a opção

Figura 7 – Selecionando a opção “sim” para a pergunta do período ativo.

Depois de preenchidas todas as informações, nós vamos salvar.

Folha de pagamento: Período da folha em aberto.

Figura 8 – Período da folha em aberto.

Como já temos o período da folha em aberto, nós podemos partir para a próxima etapa: calcular esta folha de pagamento.

Para isso, você irá seguir esses passos:

Miscelânea → Cálculos → Por Roteiro → Parâmetro.

Ao chegar em parâmetros, uma janela irá abrir, na qual você terá que preencher os dados pedidos, inserindo o número do processo e o nome do roteiro, o qual fizemos anteriormente.

Folha de pagamento: Parâmetros preenchidos.

Figura 9 – Parâmetros preenchidos.

Em seguida, basta clicar no ok e calcular.

O sistema vai me trazer um log de ocorrência e me informar que o adiantamento não está fechado. 

Folha de pagamento: Log de ocorrência no processo de cálculo.

Figura 10 – Log de ocorrência no processo de cálculo.

Folha de pagamento: Informações do processo de cálculo informando que o roteiro de adiantamento não está fechado.

Figura 11 – Informações do processo de cálculo informando que o roteiro de adiantamento não está fechado.

Ou seja, para o Protheus, o adiantamento sempre precisa estar fechado para que você possa rodar essa folha de pagamento.

Dessa forma, evita que aconteça algum problema, como alteração no líquido do adiantamento, o qual já foi pago, sem haver o desconto do valor errado na sua folha de pagamento.

Portanto, iremos sair dessa parte vamos fazer o fechamento do período do adiantamento.

Para isso, você irá seguir esses passos:

Miscelânea → Fechamentos → Período.

Folha de pagamento: Página de fechamento de períodos.

Figura 12 – Página de fechamento de períodos.

Em período, você irá colocar o número do processo na janela que irá abrir, para que ele possa puxar tudo que tem dentro daquele período, assim você escolher o que deseja fechar.

Folha de pagamento: Períodos existentes dentro do processo.

Figura 13 – Períodos existentes dentro do processo.

Agora, nós vamos fechar somente o adiantamento.

Então, eu seleciono adiantamento e confirmo, fazendo com que o sistema realize o fechamento.

Folha de pagamento: Log de ocorrência de fechamento de período de adiantamento.

Figura 14 – Log de ocorrência de fechamento de período de adiantamento.

O que vai acontecer em seguida é um erro bastante comum.

O sistema irá informar que o período seguinte não está cadastrado.

Folha de pagamento: Aviso informando que o período seguinte não está cadastrado.

Figura 15 – Aviso informando que o período seguinte não está cadastrado.

Isso acontece porque, toda vez que você for fazer um fechamento de período, você precisa ter o período seguinte já em aberto.

Para isso, nós vamos sair dessa parte do programa e vamos novamente em períodos.

Portanto, você irá seguir esses passos:

Atualizações → Definições de Cálculo → Períodos.

Folha de pagamento: Página de cadastro de períodos.

Figura 16 – Página de cadastro de períodos.

Então, clicamos em incluir um novo período, que nesse caso será o mês 11, que é novembro.

Folha de pagamento: Cadastro de novo período.

Figura 17 – Cadastro de novo período.

Ao colocarmos o mês e o ano, o próprio sistema já puxa o código.

Em seguida, colocamos a data e o último dia daquele mês.

Agora, nós vamos inserir o roteiro, que temos que abrir para poder fechar o anterior.

Folha de pagamento: Período novo quase 100% cadastrado.

Figura 18 – Período novo quase 100% cadastrado.

O sistema novamente pergunta se aquele período está ativo.

Entretanto, nesse momento, temos que selecionar a opção não, porque estamos ainda fechando o em aberto.

Folha de pagamento: Selecionando a opção “não” na coluna “período ativo?”.

Figura 19 – Selecionando a opção “não” na coluna “período ativo?”.

Mas, não se preocupe, porque ao fechar o período anterior, o sistema irá abrir esse novo período automaticamente.

Por fim, basta salvar.

Folha de pagamento: Salvando o novo período.

Figura 20 – Salvando o novo período.

Observação: caso abra uma janela pedindo um novo calendário, você clica em cancelar. 

Depois de tudo pronto, agora sim podemos fechar o adiantamento.

Para isso, você irá seguir esses passos:

Miscelânea → Fechamentos → Período.

Ao chegar em período, inserimos o número do processo, selecionamos somente o adiantamento e pressionamos em confirmar.

Folha de pagamento: Selecionando o período do adiantamento.

Figura 21 – Selecionando o período do adiantamento.

Perceba que agora o sistema fechou o adiantamento corretamente, porque nós abrimos o período a frente.

Folha de pagamento: Log de ocorrência de fechamento de período realizado com sucesso.

Figura 22 – Log de ocorrência de fechamento de período realizado com sucesso.

Então, a gente sai dessa parte e faz o seguinte percurso:

Atualizações → Definições de Cálculo → Período.

Ao chegar nessa janela, nós vamos visualizar o que aconteceu com aquela pergunta de período em ativo.

Para isso, selecionamos o mês 11 e em seguida clicamos em visualizar.

Assim, perceba que, automaticamente, o sistema muda a resposta para sim, abrindo o mês subsequente, porque fizemos o fechamento do mês anterior.

Folha de pagamento: Status do período atualizado automaticamente.

Figura 23 – Status do período atualizado automaticamente.

Esse é o processo de fechamento de período do adiantamento.

Como fazer o cálculo da Folha de Pagamento?

Primeiramente, temos que  integrar todas aquelas informações, que nós inserimos ao decorrer do mês, como as rescisões, as férias e o que mais tiver dentro da sua folha.

Para isso, você irá seguir esses passos:

Miscelânea → Cálculos → Integrações.

Ao chegar em integrações, nós vamos colocar o número do processo, e nesse caso, irá aparecer dois tipos de roteiro: férias e rescisões. 

Folha de pagamento: Página de integrações com a folha de pagamento.

Figura 24 – Página de integrações com a folha de pagamento.

Observação: caso você queira reabrir um dos roteiros, para colocar um novo dado ou um que faltou, você precisa deixar as bolinhas em aberto, ou seja, na cor verde.

Então, você terá que cancelar as integrações e depois clicar em executar.

Folha de pagamento: Cancelando as integrações.

Figura 25 – Cancelando as integrações.

Folha de pagamento: Clicando em executar.

Figura 26 – Clicando em executar.

Logo após ter realizado todas as suas alterações, você volta e integra novamente estes roteiros, para que possa ser feito o cálculo da folha de pagamento.

Folha de pagamento: Roteiros novamente integrados.

Figura 27 – Roteiros novamente integrados.

Portanto, para calcular a sua folha de pagamento, todos os seus roteiros precisam estar integrados com a folha, caso contrário ela não calcula.

Nesse exemplo, nós fizemos a integração de somente dois roteiros, mas no seu caso, podem ser mais que dois, sem problemas.

Com a integração dos roteiros feita, vamos poder finalmente calcular a folha de pagamento.

Para isso, você irá seguir esses passos:

Miscelânea → Cálculos → Por roteiro.

Folha de pagamento: Página de processo de cálculo.

Figura 28 – Página processo de cálculo.

Ao chegar nessa janela, nós vamos em parâmetros e inserimos o processo e o roteiro FOL, que é a folha de pagamento.

Folha de pagamento: Parâmetros da folha de pagamento preenchido.

Figura 29 – Parâmetros da folha de pagamento preenchido.

Clicamos em ok, selecionamos calcular e aguardamos o sistema realizar o processo de cálculo da folha de pagamento.

Folha de pagamento: Confirmando as informações dos parâmetros.

Figura 30 – Confirmando as informações dos parâmetros.

Folha de pagamento: Cálculos sendo realizados pelo sistema.

Figura 31 – Cálculos sendo realizados pelo sistema.

Para isso, o sistema irá coletar todos os dados dos seus funcionários e calcular o valor da folha de pagamento.

Ao terminar, uma janela irá abrir, e para visualizar a folha de pagamento, damos ok.

Folha de pagamento: Janela de log de ocorrências no processo de cálculo.

Figura 32 – Janela de log de ocorrências no processo de cálculo.

Aqui temos a nossa folha de pagamento, que nesse caso indica que a minha empresa tem três funcionários e que os salários dos três foram calculados.

Folha de pagamento: Folha de pagamento.

Figura 33 – Folha de pagamento.

Como tirar o relatório da folha de pagamento?

Para isso, você irá seguir esses passos: 

Relatórios → Periódicos → Folha de pagamento.

Folha de pagamento: Página de folha de pagamento.

Figura 34 – Página de folha de pagamento.

Ao chegar em folha de pagamento você vai em outras ações e seleciona os parâmetros.

Normalmente, nessa parte você só precisa trocar o nome do roteiro, que nesse caso queremos o FOL, porque os demais parâmetros já estão preenchidos.

Folha de pagamento: Parâmetros da folha de pagamento.

Figura 35 – Parâmetros da folha de pagamento.

Mas, caso não estivessem, teria que preencher os seguintes dados:

  • Parâmetro: 0001; 

  • Roteiro de cálculo: FOL;

  • Período: 202010;

  • Número pagamento: 01;

  • Filial: 01;

  • Situações: se você der um enter, ele abre a janela para que você possa selecionar qual as que você quer;

  • Categorias: der um enter também e selecione as que você deseja no relatório.

Folha de pagamento: Janela com as opções disponíveis de situações.

Figura 36 – Janela com as opções disponíveis de situações

Folha de pagamento: Janela com as opções disponíveis de categorias.

Figura 37 – Janela com as opções disponíveis de categorias.

Nesse caso, irei deixar em todos os contratos, para que venha os dados de todos os meus funcionários.

Na opção formato, irei selecionar a opção analítico, para o roteiro tenha um formato mais explicativo.

Folha de pagamento: Parâmetros do tipo de contrato e formato da folha preenchidos.

Figura 38 – Parâmetros do tipo de contrato e formato da folha preenchidos.

Como eu quero que os dados de todos os meus funcionários estejam no relatório, eu deixo em branco as seguintes opções: centro de custo, departamento, matrícula e nome.

Folha de pagamento: Parâmetros que devem estar em branco para obter a informação de todos os funcionários.

Figura 39 – Parâmetros que devem estar em branco para obter a informação de todos os funcionários.

Já as demais perguntas você precisa ler uma a uma, para que você possa formalizar o relatório da melhor maneira para a sua empresa.

Folha de pagamento: Demais perguntas que precisam ser lidas.

Figura 40 – Demais perguntas que precisam ser lidas.

Então, clico em ok e em seguida em imprimir.

Folha de pagamento: Selecionando imprimir para o relatório ser gerado.

Figura 41 – Selecionando “imprimir” para o relatório ser gerado.

Assim, o sistema irá fazer a impressão de todos os dados que eu solicitei, te mostrando o relatório completo da sua folha de pagamento.

A primeira folha do relatório, como sempre, mostra todos os parâmetros que você acabou de selecionar.

Folha de pagamento: Parâmetros preenchidos.

Figura 42 – Parâmetros preenchidos.

Em seguida, ela vai apresentar os dados dos funcionários que você selecionou para fazer parte do relatório, nesse caso todos, como o nome, os proventos e os descontos.

Folha de pagamento: Folha de pagamento com os dados dos funcionários.

Figura 43 – Folha de pagamento com os dados dos funcionários.

Por exemplo, aqui estão os dados de todos os funcionários da minha empresa.

Folha de pagamento: Dados de todos os funcionários.

Figura 44 – Dados de todos os funcionários.

Já na última folha, relatório apresenta o resumo desta folha de pagamento.

Folha de pagamento: Resumo do relatório.

Figura 45 – Resumo do relatório.

Conclusão

Por fim, espero que você tenha entendido e se quiser aprender mais sobre a Gestão de Pessoal, acesse nosso canal no Youtube aqui!

 

A RFB Sistemas é uma consultoria e escola focada em treinamentos,

especializada em formar profissionais das ferramentas Microsiga Protheus

e RM da Totvs, além de Power BI e Excel da Microsoft. Não fique de

fora, desenvolva seu potencial, faça parte do nosso grupo de alunos!!

 

Quer conhecer nossos treinamentos? Clique aqui!

Se estiver procurando consultoria, basta clicar aqui!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *